sábado, 24 de setembro de 2011

O Executor - Lars Kepler, Clube dos Livros





O Executor, Lars Kepler


Uma mulher aparece misteriosamente morta numa embarcação de recreio ao largo do arquipélago de Estocolmo. O seu corpo está seco, mas a autópsia revela que os pulmões estão cheios de água. No dia seguinte, Carl Palmcrona, diretor-geral de Armamento e Infraestruturas de Defesa da Suécia, é encontrado enforcado em casa. O corpo parece flutuar ao som de uma enigmática música de violino que ecoa por todo o apartamento.
Chamado ao local, o comissário da polícia Joona Lina sabe que na sua profissão não se pode deixar enganar pelas aparências e que um presumível suicídio não é razão suficiente para fechar o caso. Haverá possibilidade de estes dois casos estarem relacionados? O que poderia unir duas pessoas que aparentemente não se conheciam?
Longe de imaginar o que está por detrás destas mortes, Joona Lina mergulhará numa investigação que o conduzirá, através de uma vertiginosa sucessão de acontecimentos, a uma descoberta diabólica. Existem pactos que nem mesmo a morte pode quebrar…


São estes os mistérios, que por trás de uma história ligada a exportação de armas ilegais, que o nosso detective Jonna Lina vai tentar desvendar, ao estilo com que já se nos apresentou em O Hipnotista, outro livro muito bom desta dupla.
O livro em si apresenta-se com um ritmo bom, com capítulos pequenos e bem estruturados, de fácil leitura e rápida, contém o enredo interessante e cativante, que nos deixa a caminhar pelo meio do mistério e suspense. Obras muitos boas estas que começam a ser um acontecimento comum que se encontram nos livros publicados pelos nórdicos. Contudo há que destacar que detalhes nos entre os vários pontos da obra, como as personagens, o enredo política no tráfego de armas para países Africanos, etc, tudo está bem aproveitado e desenvolvido.
Um livro para fãs de policiais, que procuram enredos envolventes.



Paulo Lima, Clube dos Livros

1 comentário: